top of page

Jão (Turnê "Lobos") no Theatro Pedro ll

Atualizado: 17 de mai. de 2019



Jão é um cantor e compositor brasileiro que ganhou notoriedade ao postar covers de canções famosos em seu canal do YouTube. Arrancou elogios de Anitta com sua versão de "Bang", mas foi com "Medo Bobo" de Maiara e Maraisa que ele ganhou muitos fãs.


O sucesso nas redes sociais com versões de "Trem Bala", Charlie Brown e Matheus e Kauan despertaram o interesse de grandes gravadoras. Com o reconhecimento, Jão largou os covers e passou a mostrar suas próprias composições ao grande público. No show apresentado no Theatro Pedro II em Ribeirão Preto, no último dia 10, a estratégia mostrou-se um sucesso. O público cantava em uníssono todas suas canções.






Apostando num show climático, a turnê "Lobos" usa e abusa dos efeitos de iluminação o que confere grande beleza em vários momentos, mas compromete o básico; não se consegue ver o rosto do cantor direito. A plateia composta inteiramente por fãs pareceu não se importar com essa questão técnica em nenhum momento. Outro fator que me chamou a atenção foi uma diferença gritante entre a performance de Jão nos seus clipes e no show ao vivo. Me pareceu que houve uma direção de cena bastante austera que limitou a liberdade dele em seu primeiro show. Movimentos repetitivos como se fossem uma marca cênica começavam e encerravam de maneira parecida quase todas as canções. Importante salientar que nada disso é culpa direta do artista. Mas de sua produção que parece não acreditar 100% no potencial dele e então tome luz, tome cruz, tome isso e aquilo. Sendo que a alma das composições dele valeriam muito mais a pena serem apreciadas no bom e velho um banquinho e um violão.


Créditos: Todas as fotografias são da nossa fotógrafa Lisa Cristine (@lisaccristine).

0 comentário

Comments


bottom of page